80% DOS PORTUGUESES SÃO BURROS, OS RESTANTES NÃO TÊM TEMPO PARA A INTERNET!

sexta-feira, janeiro 13, 2006

A DIALONGAR É CAGENTE SINTENDE (PARTE II)


Alguém diz:
Oubisses a quilo du pánicu im meca?
Ninguém diz:
Pánicu? Cuais pánicu?
Alguém diz:
Oube um pánicu,lá im meca
Ninguém diz:
Num bi o nunticiáro, num sei o qse passa, lá de méca, sei, mas pánicu?
Alguém diz:
Nim bais creditar, murrero gaijos num ataque de pánicu
Ninguém diz:
Numa credito!
Alguém diz:
A çério choné, num tia mintir, num se brinca cum pánicu, és zum taunsso, bai ber o nunticiário ó nersio!
Ninguém diz:
Agóra que li a nuticia, nunháicho náda des pessial porque já é abitual, pelos bistos - aqueles gaijos som muito tradicionalistas, ou cum serbadores, ous tremistas, ou o queralho
Alguém diz:
Num digas iço, a quilo é gente boua
Ninguém diz:
Sós pero que maior parte deles sejo drógados, ómissidas, sidósos e beilhótes chónés, intendes?
Alguém diz:
Niço aí teins um pounto, cuncordo cum iço
Ninguém diz:
Mas será queles morrero mesmo diço? ou terá çido uma outra coisa?
Alguém diz:
Eça é qué eça, coantoum-nos muitas istorias e querem cu pobo credite, mas a mim, numapanho eles.
Ninguém diz:
Diz cuzoutros já forá lua... cu coiso já deu num sei cuantas boltas de joelhos á roda do coiso de Fátima, inté dissero cu çámora máchel érá mericano
Alguém diz:
Eles gosto de mandare merdas pro ar, intendes? pra ber sum gaijo ingole as plicações queles doum. Debia ser crime dezer coisas dos mortos, proque num podem ter o direito pra o cuntraditorio e se defunder. Eles murrero de pánicu? Pánicu num mata, num é?
Ninguém diz:
Débe de ter sido lá os coisos do lepéne ou do coiso, do outro, de bigodinho ca prassia sempre a preto e branco, o impócrita
Alguém diz:
Eçe é de istrema lá das bastilhas
Ninguém diz:
Lemões do caneco
Alguém diz:
Cuma musquinha na boca, temoszé que ter cuidado cu fiscu
Ninguém diz:
Diz cando por aí uns mossos ca salto cárros nas garáges, e biaturas na zestradas e nas ruas.
É caso pra pensar cum gaijo já nem pode ir num sei onde sem pensar no coiso, nunhé?
Alguém diz:
Sabes queé iço? Émedo do descunhecido, um gaijo num conhece o saltante, intendestes?
Ninguém diz:
Profalar niço, aicho que bou calmar o peçoal, dizendo que bou botar água na ferbura, cum a tensão ós debidos bapores que dali imanão, porque niço, no depois (no á manhá) ninguém pensa, intendestes?
Alguém diz:
Tu és duma çabedoria sábia e cum conhecimento intuligente
Ninguém diz:
Sou do bom tempo
Alguém diz:
Eu sou do tempo de chuba
Ninguém diz:
Eu sou do coiso
Alguém diz:
Do Cabaco?
Ninguém diz:
Du Salgado Zenha
Alguém diz:
Su Suares fosse vibo inda punderaba deitar nele.
Ninguém diz:
É bem berdade.

...soum estas cumbersas que me fazeim pensar; o messeingere foi imbentado por deus!....souber gente quesse queira matrerizare mais um vucadinho pode lere a parte I aqui.