80% DOS PORTUGUESES SÃO BURROS, OS RESTANTES NÃO TÊM TEMPO PARA A INTERNET!

terça-feira, abril 19, 2005

ADOPÇÃO - PORTUGUESES RECORREM AO ESTRANGEIRO


A burocracia é a principal causa do "desespero" dos casais Portugueses.
Como é sabido adoptar uma criança em Portugal é muito difícil, os critérios de adopção baseiam-se em burocracias de tempo indeterminável o que faz com que muitos casais desistam. Nos casos de pessoas solteiras ou viúvas a adopção de uma criança é uma missão impossível. Devido a estas impossibilidades burocráticas cada vez mais casais recorrem a outros países para adoptar crianças.
O caso de Pedro Oliveira é uma lição de Vida, pelo simples facto de ser solteiro automaticamente foi excluído das listas de adopção por não reunir as condições necessárias para a mesma. Não desistiu e partiu em busca de um sonho como nos conta a seguir:

"Quando fui excluído das listas parti imediatamente para a Ucrânia, quando cheguei ao lar de adopção 3 meninas correram para mim, abraçaram-me, sentaram-se no meu colo e chamaram-me papá. Fiquei tão comovido que fui obrigado a adoptar as 3 meninas.
Tive muita sorte pois devido ás meninas terem 19 anos não precisei de preencher papelada nenhuma. Hoje em dia vivo felicíssimo com as minhas 3 meninas, elas gostam tanto de mim que todos os dias fazem questão de dormir com o Papá”.

Notável......Comovente........Uma Lição de Vida..........